Corinthians produz pouco e não consegue vitória no Brasileirão

Foto: Rodrigo Coca
Foto: Rodrigo Coca

Timão jogou o segundo tempo inteiro com um jogador a mais e mesmo assim não conseguiu levar perigo ao Atlético-MG

Na partida inaugural do Campeonato Brasileiro, realizada na tarde deste domingo (14) na Neo Química Arena, o Corinthians empatou com o Atlético Mineiro por 0 a 0.

O jogo começou com a bola rolando na Neo Química Arena.

Logo no primeiro lance, aos 20 segundos, Rodrigo Garro encontrou Yuri Alberto bem posicionado atrás da defesa adversária, resultando em uma falta na entrada da área pelo lado direito do ataque do Timão. Na cobrança, Garro foi bloqueado pelo goleiro adversário.

Nos primeiros cinco minutos, o Timão dominou a posse de bola no campo adversário, pressionando o Atlético na saída de bola.

Aos 13 minutos, o Atlético-MG ameaçou pelo lado direito. Após um chute de Igor Gomes, Cássio fez uma boa defesa.

O Corinthians teve outra oportunidade aos 21 minutos. Yuri Alberto recebeu um excelente passe na intermediária de ataque e foi derrubado pelo adversário, concedendo outra chance para Garro na cobrança de falta, mas a bola passou por cima do gol.

Aos 30 minutos, o jogo ficou físico, com muitas faltas e interrupções.

O árbitro concedeu quatro minutos de acréscimo.

Aos 48 minutos, em outra jogada de Yuri Alberto pela ponta direita, Battaglia cometeu falta sobre o camisa 9, recebendo seu segundo cartão amarelo e consequentemente sendo expulso.

O primeiro tempo chegou ao fim.


Siga  O Corinthiano no Whatsapp Telegram


No intervalo, a primeira mudança no Corinthians: Matheuzinho substituiu Fagner.

O Corinthians continuou pressionando em busca do primeiro gol. Aos dois minutos, Wesley cruzou perigosamente para a área, mas a defesa adversária afastou.

O jogo seguiu disputado no meio de campo, com muitas faltas e interrupções, semelhante à primeira etapa.

Aos 12 minutos, Wesley fez uma bela jogada individual e tentou um chute de fora da área, forçando o goleiro adversário a fazer uma defesa.

O Corinthians teve uma boa chance aos 18 minutos. Matheuzinho encontrou Romero aberto na direita, e o paraguaio cruzou para a área, mas a defesa adversária afastou para escanteio.

Duas substituições foram feitas no Corinthians aos 26 minutos: Maycon e Paulinho entraram nos lugares de Gustavo Henrique e Fausto Vera, respectivamente.

A terceira mudança veio aos 29 minutos, com Igor Coronado substituindo Rodrigo Garro.

Quase saiu o gol do Corinthians! Aos 31 minutos, Coronado cruzou para a área e Romero cabeceou, passando rente à trave do goleiro adversário.

Aos 34 minutos, Hugo tentou um chute de longa distância, mas a bola passou perto do gol.

Em seguida, a última mudança no Corinthians: Pedro Raul entrou no lugar de Romero.

O Corinthians continuou pressionando. Aos 41 minutos, Matheuzinho encontrou Paulinho na área, mas o cabeceio do camisa 8 foi por cima do gol adversário.

No lance seguinte, Hugo arriscou outro chute de fora da área, quase marcando um golaço.

Cássio fez uma grande defesa após uma cobrança precisa de falta de Scarpa aos 51 minutos, garantindo o empate para o Timão.

O árbitro adicionou sete minutos de acréscimo. O jogo terminou na Neo Química Arena.

Na coletiva pós-jogo, o treinador António Oliveira foi expulso após criticar o árbitro na súmula, que ele considerou ter tido uma péssima arbitragem. António comentou que o empate acabou sendo justo devido às dificuldades da equipe na criação.

Dados da Partida:

Corinthians 0 x 0 Atlético-MG
Local: Neo Química Arena, em São Paulo (SP)
Data/hora: 14/04/2024 (domingo), às 16h (horário de Brasília)
Público e renda: 44.285 / R$ 2.784.292,50
Cartões amarelos: Romero, Fagner, Raniele, Yuri Alberto, Matheuzinho, Hugo, Maycon, Carlos Miguel (COR) e Battaglia, Jemerson, Hulk, Everson, Saravia (CAM)
Cartões vermelhos: Battaglia

Corinthians: Cássio; Fagner (Matheuzinho), Félix Torres, Gustavo Henrique (Paulinho) e Hugo; Raniele, Fausto Vera (Maycon) e Rodrigo Garro (Igor Coronado); Wesley, Romero (Pedro Raul) e Yuri Alberto. Técnico: António Oliveira.

Atlético-MG: Everson; Saravia, Mauricio Lemos, Jamerson e Guilherme Arana; Otavio, Battaglia, Zaracho (Alan Franco) e Igor Gomes (Igor Rabello); Paulinho (Gustavo Scarpa) e Hulk (Vargas). Técnico: Gabriel Milito.

Próximo Jogo:

O Corinthians enfrentará o Juventude na próxima quarta-feira (17), às 20h, em jogo válido pela segunda rodada do Brasileirão Betano 2024.

Compartilhar: