Corinthians goleia Racing e se classifica em primeiro do grupo

Elenco homenageia Paulinho jogando para o alto em sua última partida Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians
Elenco homenageia Paulinho jogando para o alto em sua última partida Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians

Em dia de Adeus de Paulinho Timão vence por 3x0 eavança sem passar pelo mata-mata com terceiro colocado da Libertadores

Adeus, Paulinho: Um Capítulo Glorioso que Chega ao Fim

Hoje, o Corinthians se despede de um dos seus maiores ídolos dos últimos tempos: José Paulo Bezerra Maciel Júnior, mais conhecido como Paulinho. O volante, que marcou época no Timão, deixa o clube com um legado de vitórias, garra e momentos inesquecíveis.

Paulinho chegou ao Corinthians em 2010 e rapidamente se tornou uma peça fundamental no meio-campo alvinegro. Com sua técnica apurada, visão de jogo e uma incrível capacidade de chegar ao ataque, ele conquistou o coração da Fiel Torcida. Não demorou para que seu talento se traduzisse em títulos importantes.

Entre as conquistas mais marcantes de Paulinho no Corinthians estão o Campeonato Brasileiro de 2011 e a tão sonhada Libertadores de 2012. Nesta última, Paulinho foi um dos protagonistas, sendo decisivo em várias partidas e ajudando a equipe a alcançar a glória continental pela primeira vez em sua história. Ainda em 2012, veio a consagração mundial com a vitória no Mundial de Clubes da FIFA, onde o Timão superou o Chelsea na final.

Em 2013, Paulinho saiu e foi para o Tottenham, onde acabou não tendo muito sucesso, e então foi para a China, onde teve maior êxito até conseguir sua transferência para o Barcelona.

Em 2022, após uma passagem sem muito brilho pelo mundo árabe, Paulinho voltou ao Corinthians, mas acabou não sendo muito feliz nessa passagem devido a problemas de lesões, tendo duas lesões graves que o tiraram do ano de 2022. Quando voltou em 2023, acabou se lesionando novamente, ficando fora até 2024. Nesta última passagem pelo Corinthians, Paulinho tem 50 partidas (51 caso atue amanhã), com 7 gols marcados e uma assistência.



Em partida válida pela última rodada da primeira fase da Copa Sudamericana, disputada na noite desta terça-feira (28), o Corinthians goleou o Racing-URU por 3 a 0. Marcaram Rodrigo Garro, Yuri Alberto e Igor Coronado.

Aos seis minutos, após boa jogada pelo lado direito do ataque, Coronado assistiu Garro, e após chute errado do adversário, Yuri Alberto cabeceou para fora.

Boa chegada do Timão! Wesley deixou o adversário para trás e cruzou para o meio da área, mas Coronado cabeceou para fora.

Aos nove minutos, chegada do Racing pela direita e, após jogada na área, Carlos Miguel defendeu.

Que defesa de Carlos Miguel! Bola alçada na área e, após bate-rebate, o goleiro corinthiano salvou um chute a queima-roupa.

Aos 12 minutos, em saída de bola errada do Timão dentro da pequena área, Carlos Miguel fez duas grandes defesas em sequência.

Bela troca de passes do Timão aos 18 minutos, chegando até o pé de Yuri Alberto. O camisa 9 bateu cruzado e obrigou o arqueiro a uma grande intervenção.

Aos 22 minutos, Garro bateu falta com perfeição e acertou o ângulo do goleiro. Golaço de falta do camisa 10!

Mais um do Timão! Aos 25 minutos, Wesley cruzou e Yuri Alberto completou para o fundo das redes. Festa na Casa do Povo!

Aos 32 minutos, Fagner desarmou o adversário em jogada na linha de fundo e sentiu lesão na perna direita. Matheuzinho entrou em seu lugar.

O árbitro adicionou quatro minutos de acréscimo. Fim da primeira etapa.

Aos seis minutos, boa jogada de Matheuzinho dentro da área: a bola sobrou para Coronado, que chutou forte e obrigou o goleiro a jogar para escanteio.

Fez fila! Aos 12 minutos, Coronado recebeu de Breno Bidon na intermediária, passou por três defensores e, cara a cara com o goleiro, só teve o trabalho de chapar no canto direito. Mais um golaço na Casa do Povo!

Aos 22, contra-ataque do Racing e, após passe na entrada da área, a finalização saiu fraca, sem perigo para o goleiro Carlos Miguel.

Aos 26, Bidon arriscou de fora da área e a bola passou rente à trave do arqueiro adversário.

Segunda mudança do Timão na Neo Química Arena: Breno Bidon deu lugar a Paulinho, que faz sua última partida pelo Corinthians!

Aos 37, Garro cobrou escanteio e a zaga adversária afastou. Em seguida, as últimas três alterações: entraram Romero, Pedro Raul e Gustavo Silva, e saíram Igor Coronado, Yuri Alberto e Wesley.

O árbitro adicionou três minutos de acréscimo. Fim de jogo na Neo Química Arena.



Análise do Jogo

O Corinthians dominou o jogo de ponta a ponta. O maior lance de perigo que o Racing do Uruguai levou ao gol do Corinthians foi em uma saída de bola errada do goleiro Carlos Miguel, mas, de modo geral, o Corinthians esteve muito bem taticamente, especialmente do meio para frente.

O primeiro gol foi uma cobrança de falta perfeita de Rodrigo Garro. O segundo gol veio de um cruzamento de Wesley, onde Yuri Alberto completou para o gol. O terceiro gol foi uma jogada linda de Igor Coronado, que driblou a defesa do Racing e marcou.

No final do jogo, Igor Coronado falou sobre a saída de Paulinho e comentou que Paulinho e Cássio foram fundamentais para sua vinda ao Corinthians, revelando que ele morou um mês no apartamento de Paulinho. Coronado disse que o gol mais bonito foi o de Rodrigo Garro, demonstrando a união do elenco.

Paulinho, ao sair de campo, se emocionou muito. Amanhã, às onze horas, ele dará uma coletiva de despedida do Corinthians, respondendo perguntas dos jornalistas. Ele foi muito celebrado pelos torcedores e homenageado pelo clube, apesar de reconhecer que sua última passagem pelo Corinthians deixou a desejar devido às lesões.


Comentários do Treinador

Na coletiva, o treinador António Oliveira elogiou muito Paulinho, mencionando que sempre quis trabalhar com ele. Ele também comentou que pediu à diretoria para não liberar Fagner, destacando sua liderança. O técnico falou sobre a evolução do goleiro Carlos Miguel, a recuperação de Yuri Alberto, e a importância de Paulinho para o elenco. Ele destacou que cada jogo é diferente e que tem trabalhado muito para melhorar o sistema defensivo da equipe, mencionando também a performance de Hugo, que errou apenas um passe em 51 tentativas.

Dados da Partida

Corinthians 3 x 0 Racing-URU
Competição: 6ª rodada da Sul-Americana
Local: Neo Química Arena, em São Paulo
Data e horário: 28 de maio de 2024, às 19h
Público: 40.473 torcedores
Renda: R$ 2.322.336,00
Árbitro: Roberto Pérez
Assistentes: Stephen Atoche e Leonar Soto
VAR: Nicolas Gallo
Amarelos: Ferreira, Magallanes, Raniele, Cacá

Corinthians: Carlos Miguel; Fagner (Matheuzinho), Félix Torres, Cacá e Hugo; Raniele, Breno Bidon (Paulinho) e Rodrigo Garro; Igor Coronado (Angel Romero), Yuri Alberto (Pedro Raul) e Wesley (Gustavo Mosquito). Técnico: António Oliveira

Racing-URU: Rodrigo Odriozola; Gastón Bueno, Hugo Magallanes, Martín Ferreira e Agustín Pereira (Juan Rivero); Thiago Espinosa (Rodrigo Teliz); Lucas Rodríguez (Agustín Alanis), Erick de Los Santos e Jonathan Urretaviscaya (Santiago Mederos); Verón Lupi e Dylan Nandin (Luis Gorocito). Técnico: Eduardo Espinel


Próximo Jogo

O Corinthians volta a campo no sábado (1º), às 21h, quando enfrenta a equipe do Botafogo, em jogo válido pela 7ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2024.



Compartilhar: