Coletiva do Presidente do Corinthians: Destaques e Polêmicas

Presidente do Corinthians Augusto Melo  -  foto: Gustavo Lima/ MeuTimão
Presidente do Corinthians Augusto Melo - foto: Gustavo Lima/ MeuTimão

Augusto concedeu uma coletiva de imprensa com pouco mais de 1h30min

Hoje pela manhã, o presidente do Corinthians concedeu uma coletiva de imprensa após um longo período de cinco meses sem falar oficialmente com os jornalistas. Durante a entrevista, ele abordou diversos temas e fez revelações importantes, gerando algumas controvérsias. Aqui estão os principais pontos discutidos:

Contradições e Declarações Sobre Transferências


O presidente foi questionado sobre a possível saída do goleiro Carlos Miguel. Embora ele não tenha confirmado a transferência, mencionou que, se houver uma proposta da Europa, já instruiu para que seja aceita. Além disso, afirmou que o clube já está buscando um substituto para o goleiro.

Sobre Félix Torres, o presidente revelou que o Santos Laguna está ameaçando levar o caso à FIFA devido ao atraso em uma parcela de pagamento. Ele afirmou desconhecer os detalhes sobre a situação de Rojas, que tem uma data de julgamento marcada na FIFA, e deixou o caso nas mãos do departamento jurídico do clube.

 Polêmicas Internas


O presidente também reclamou de traições sofridas por pessoas de sua própria chapa durante sua gestão. Em uma discussão com um jornalista da Gazeta Esportiva, ele criticou uma reportagem sobre convidados do clube, o que gerou um conflito. Houve ainda um desentendimento com Rodrigo Vessoni, que questionou a presença de um empresário amigo do presidente na coletiva. Mais tarde, Vessoni publicou nas redes sociais uma foto do empresário presente no evento, contradizendo a versão do presidente.

 Reforços e Planejamento Futuro


Em resposta a pedidos do treinador Antônio Oliveira, o presidente prometeu novos reforços após a abertura da próxima janela de transferências. O técnico havia solicitado reposições para jogadores que não estarão mais disponíveis este ano.

Situação Financeira do Clube


O presidente ressaltou a difícil situação financeira que encontrou ao assumir o clube, afirmando que era muito pior do que imaginava. Ele expressou sua esperança de conseguir reverter a situação e entregar um Corinthians em melhores condições ao próximo presidente.

 Conclusão


A coletiva do presidente do Corinthians foi marcada por declarações importantes, promessas de reforços e algumas polêmicas. A gestão financeira do clube e a transparência nas negociações de jogadores são temas cruciais para o futuro do Corinthians. A torcida e a imprensa seguirão atentas aos próximos passos da diretoria.


Confira a coletiva na íntegra

Compartilhar: