Há 76 anos, Baltazar estreava pelo Corinthians


Ídolo da Fiel entrou


Nesta segunda-feira (15), completam-se 76 anos desde a primeira vez em que Baltazar vestiu o manto alvinegro. Foi durante um jogo entre Corinthians e Jabaquara, que o ex-atacante teve a oportunidade de fazer sua estreia, após substituir o meio-campista Nino no decorrer da partida. Na ocasião, o Timão empatou pelo placar de 5 a 5, com gols de Ruy (2), Servílio (2) e Pipi (1).  

Apesar de ter estreado sem gols, três dias depois Baltazar marcou o gol da vitória por 1 a 0 sobre o Bahia, em amistoso interestadual. 

Conhecido como ‘Cabecinha de Ouro’, por conta de sua habilidade em fazer gols de cabeça, o ex-atacante atuou no Timão entre 1945 e 1957. Ao todo foram 404 jogos disputados e 269 gols marcados pelo time do Parque São Jorge. Em seus 13 anos defendendo o Corinthians, Baltazar conquistou cinco títulos:  três Campeonatos Paulistas (1951/52 e 1954) e dois Torneios Rio-São Paulo (1953 e 1952).   

Nesta segunda-feira (15), completam-se 76 anos desde a primeira vez em que Baltazar vestiu o manto alvinegro. Foi durante um jogo entre Corinthians e Jabaquara, que o ex-atacante teve a oportunidade de fazer sua estreia, após substituir o meio-campista Nino no decorrer da partida. Na ocasião, o Timão empatou pelo placar de 5 a 5, com gols de Ruy (2), Servílio (2) e Pipi (1).  

Apesar de ter estreado sem gols, três dias depois Baltazar marcou o gol da vitória por 1 a 0 sobre o Bahia, em amistoso interestadual. 

Conhecido como ‘Cabecinha de Ouro’, por conta de sua habilidade em fazer gols de cabeça, o ex-atacante atuou no Timão entre 1945 e 1957. Ao todo foram 404 jogos disputados e 269 gols marcados pelo time do Parque São Jorge. Em seus 13 anos defendendo o Corinthians, Baltazar conquistou cinco títulos:  três Campeonatos Paulistas (1951/52 e 1954) e dois Torneios Rio-São Paulo (1953 e 1952).   


Compartilhar: