Corinthians é superado pelo Juventude na última rodada do Brasileirão 2021



Na noite desta quinta-feira (9), o Corinthians entrou em campo para seu último desafio na temporada 2021, pela última rodada do Brasileirão. Em Caxias do Sul, no estádio Alfredo Jaconi, o Timão encarou o Juventude e foi superado por 1 a 0.

Com a derrota como visitante, o Coringão fechou o Brasileirão com uma campanha de 15 vitórias, 12 empates e 11 derrotas, na 5ª colocação, que deu direito à uma vaga direta na fase de grupos da Libertadores do ano que vem. 

Escalação

O técnico Sylvinho iniciou o confronto contra o Grêmio com a seguinte escalação: Cássio, Fagner, Gil, João Victor, Lucas Piton; Gabriel, Du Queiroz, Giuliano, Gustavo Silva, Gabriel Pereira e Jô. Durante o jogo, também entraram Adson, Gustavo Mantuan, Roni e Vitinho. Ainda estavam no banco de reservas: Matheus Donelli, João Pedro, Luan, Renato Augusto, Willian, Fábio Santos, Raul e Xavier. 

Bola em jogo!

A partida iniciou com a equipe adversária tentando ditar o ritmo do jogo, com maior posse de bola. Mas, aos poucos, o Alvinegro foi entrando na partida e também buscando oportunidades de ataque para abrir o placar. 

No entanto, chance de gol mesmo do Timão na primeira etapa aconteceu apenas aos 44 minutos. Após cruzamento de Fagner na grande área, Jô subiu bem e cabeceou, goleiro ainda encostar nela mas a bola foi para o fundo da rede. No entanto, o árbitro da partida assinalou falta do camisa 77 da equipe do Parque São Jorge no zagueiro adversário e anulou o gol. 

Após o lance, o Corinthians ainda tentou pressionar a equipe da casa mas sem sucesso até o fim do primeiro tempo. 

Segundo tempo

A etapa complementar se iniciou de forma semelhante aos primeiros 45 minutos, com poucas chances de ataque perigosas de ambos os clubes. 

Na tentativa de melhorar a equipe em campo, o técnico Sylvinho realizou duas alterações aos 15 minutos em busca de mais movimentação. Saíram Gabriel e Jô para a entrada de Gustavo Mantuan e Adson. 

A terceira alteração no alvinegro veio aos 22 minutos, com a entrada de Roni no lugar de Gustavo Silva. 

Aos 35 minutos, o árbitro assinalou pênalti para a equipe mandante após análise do VAR em toque na mão de Gabriel Pereira. Na cobrança, Juventude abriu o placar. 

Antes do fim do confronto, o lateral Fagner ainda recebeu cartão vermelho após entrada em jogador do Juventude.


Compartilhar: