Jô deixa o clube em sua terceira passagem


Jô pelo Corinthians em 2004 — Foto: Diário de São Paulo

Jô pelo Corinthians em 2004 — Foto: Diário de São Paulo


Após  ser visto em uma roda de samba durante o jogo contra o Cuiabá na última terça-feira 7 de junho, o atacante Jô faltou ao treino do dia 8. Jogador estava em transição para o campo se recuperando de uma contusão de um trauma no pé.

Com contrato vigente até dezembro de 2023 o atacante abriu mão dos 18 meses restante de contrato  em uma decisão que partiu do Jô  segundo nota oficial do clube e Instagram do próprio jogador abaixo postou o comunicado.

- Eu solicitei aos meus representantes que procurassem o presidente Duílio e fizessem uma reunião, que aconteceu na manhã desta quinta-feira (09 de junho), de maneira amigável rescindimos o contrato e irei seguir minha carreira. Antes disso, quero agradecer ao presidente Duílio, a todos os funcionários do clube, à comissão técnica, à todos os jogadores, que são grandes amigos que fiz pra vida, à torcida do Corinthians, que é tão especial para mim. Desejo ótima sorte a todos eles e ao clube que me revelou para o futebol - disse Jô, por meio de sua assessoria.

O atacante Jô conta com alguns recordes como o  jogador mais jovem a marcar gol com a camisa do Corinthians  na vitória por 3x1 no brasileiro de 2003 quando o treinador era Geninho. Foi o primeiro e até o momento único jogador do Corinthians a ser artilheiro do Campeonato Brasileiro  em 2017  marcando 18 gols. Chegou a titularidade do Corinthians em 2004 quando  Tite trabalhou pela primeira vez no comando técnico do Corinthians.

Em nota, o Corinthians confirmou que a decisão pelo rompimento partiu do próprio jogador:

"Nesta quinta-feira (09), o Sport Club Corinthians Paulista e o atleta Jô chegaram a um acordo para o encerramento do contrato.

O jogador manifestou a vontade de rescindir o vínculo de forma antecipada. O Corinthians aceitou a decisão do atleta e informa que o contrato, com validade até dezembro de 2023, foi encerrado.

Ao Filho do Terrão, maior artilheiro da história da Neo Química Arena, bicampeão Brasileiro e campeão Paulista, o Corinthians agradece por todos os momentos e deseja o melhor na sequência da carreira de um dos grandes nomes da história do Clube".

O último jogo de Jô com a camisa do Corinthians foi contra o Always Ready no empate em 1x1 pela primeira fase da  Copa Libertadores da América,  pelo  Campeonato Brasileiro 2022 Jô atuou em 4 partidas marcando 1 gol no empate em 2x2 contra o Internacional em Porto Alegre. O jogador descarta aposentadoria mas já havia sido informado pelo treinador e a diretoria não seria aceito mais ausências nos treinos.


A falta ao treino não foi um erro isolado. Em março, o jogador se ausentou de dois treinamentos após viajar para curtir seu aniversário. A diretoria e o próprio técnico português disseram que não perdoariam uma nova falha do jogador, que já vinha de outros problemas extracampo em 2021.


Compartilhar: