Yuri Alberto é apresentado e Diz volta ao Brasil não é um passo atrás


Yuri Alberto em entrevista coletiva no Corinthians — Foto: Marcelo Braga
Yuri Alberto em entrevista coletiva no Corinthians — Foto: Marcelo Braga


Apresentado para a torcida do Corinthians no gramado da Neo Química Arena durante o treino aberto desta sexta-feira, na antevéspera da partida diante do Flamengo, domingo, pelo Brasileirão, o atacante Yuri Alberto, de 21 anos, concedeu entrevista coletiva e vestiu a camisa oficial em Itaquera, ainda sem numeração definida.

Emprestado pelo Zenit, da Rússia, até o meio de 2023, o jogador só pode estrear pelo clube no dia 20 de julho, na partida contra o Coritiba, quando a janela nacional de transferências já estará aberta. E ele se vê apto a estar em campo nesta partida, válida pelo Brasileirão.

– Espero ajudar a equipe. Nas minhas férias, trabalhei muito. Espero estrear dia 20, que eu esteja bem fisicamente – disse Yuri, em entrevista coletiva.

– Vou dar o máximo em campo, estou trabalhando para isso. Grandes nomes fizeram muitos gols. Quero escrever a minha história, que ela seja gigantesca – completou.

Questionado sobre seu movimento de retornar ao Brasil, Yuri Alberto deu explicações e disse não ver a transferência como um passo atrás na carreira.

– Pesou bastante eu voltar ao Brasil, a visibilidade dos jogos na Rússia não seria tão boa, aqui seria bem maior, quero construir uma historia gigantesca aqui. Não é passo atrás, fiquei três meses e meio na Europa, os talentos que têm aqui são poucos países que tem lá fora. Bom ficar perto da minha família – disse.

– Conversei com meus familiares, com o Zenit, não era bom momento para continuar lá pelo o que estão passando, queria estar perto da familia, da minha filha – completou.

Aos 21 anos, porém com a experiência de clubes grandes e Europa, Yuri Alberto brinca e se vê como mais um "miúdo", forma como o técnico Vítor Pereira chama os jovens.

Para contratar Yuri Alberto, o Corinthians enviará dois jogadores ao clube russo no próximo dia 13: o goleiro Ivan, de 25 anos, e o meia Gustavo Mantuan, de 21. Yuri, inclusive, já conversou com Mantuan sobre o futebol do país.

– Passei confiança para o Mantuan, falei que é uma cidade maravilhosa e que ele vai gostar demais.

Yuri Alberto estava no Brasil para passar férias em São José dos Campos, no interior paulista, e treina com o elenco já há alguns dias.


Abaixo a entrevista de Yuri Alberto

Compartilhar: