Robson não empolga, mas Duilio praticamente descarta devolução mas diz que é dificíl ficar


Robson Bambu, zagueiro do Corinthians, durante treinamento — Foto: Rodrigo Coca / Ag.Corinthians
Robson, zagueiro do Corinthians, durante treinamento — Foto: Rodrigo Coca / Ag.Corinthians


Contratado pelo Corinthians no começo do ano, Robson Bambu nunca conseguiu ter sequência como titular da equipe e viu a situação se agravar nas últimas semanas. Com os retornos de Balbuena e Bruno Méndez ao clube, a concorrência na posição aumentou, e o zagueiro de 24 anos deixou de frequentar até mesmo o banco de reservas.

Com isso, uma saída antecipada de Robson Bambu entrou em pauta no Corinthians. O zagueiro está emprestado pelo Nice, da França, até o fim do ano. Porém, o Timão não irá se opor a uma eventual saída antecipada caso o jogador encontre um novo clube.

Embora não vislumbre muitas chances para Bambu no restante da temporada, o Corinthians não pretende rescindir o contrato sem que haja outro interessado no zagueiro.

– Existe contrato e o contrato tem que ser cumprido. Mas pode existir possibilidade de reempréstimo, isso a gente vai ver mais para frente. Mas, por enquanto, não existe nada disso – disse o presidente do Corinthians, Duilio Monteiro Alves, em entrevista ao "Ulisses Cast".

A última partida de Robson Bambu pelo Corinthians foi contra o Fluminense, em 2 de julho. De lá para cá o Timão fez nove jogos e, nos últimos quatro, ele não foi relacionado.

Além de Balbuena e Bruno Méndez, Bambu tem como concorrentes Gil, Raul Gustavo e Robert Renan – este último um garoto da base, de 18 anos, que vem ganhando espaço ao longo da temporada.

Robson Bambu tem 10 jogos pelo Corinthians e, logo no início de sua passagem pelo clube, em fevereiro, foi multado por se atrasar para dois treinos.

Com passagens por Santos e Athletico-PR, o jogador decidiu voltar ao Brasil para ter mais chances de jogar após passar meses inativo por conta de uma lesão.

Compartilhar: