Corinthians jogou bem mas perdeu nos pênaltis

Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians
Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians

Timão manda bem principalmente no segundo tempo mas perde nos pênaltis

Na noite desta quarta-feira (19), o Timão entrou em campo para mais um compromisso importante na temporada de 2022. O desafio foi o segundo e decisivo jogo da grande final da Copa do Brasil 2022, contra o Flamengo, no Maracanã. Os 90 minutos terminaram em empate, 1 a 1, com o gol alvinegro marcado por Giuliano.

Com o resultado de 0 a 0 na partida de ida, em uma Neo Química Arena lotada, o resultado positivo para cada um dos lados nesta partida, no Rio de Janeiro, seria o suficiente para levar a taça, neste caso, com o placar mais uma vez igual, a decisão foi nas penalidades, e o clube do Parque São Jorge foi superado pelo Flamengo por 6 a 5 e ficou com o vice-campeonato.

Escalação

O técnico Vítor Pereira iniciou a decisão com a seguinte escalação: Cássio, Fagner, Gil, Balbuena, Fábio Santos, Du Queiroz, Fausto Vera, Renato Augusto, Lucas Piton, Róger Guedes, e Yuri Alberto. Durante o jogo, também entraram Adson, Giuliano, Mateus Vital, Maycon e Gustavo Silva. Ainda estavam no banco de reservas: Carlos Miguel, Rafael Ramos, Ramiro, Roni, Robert, Raul Gustavo e Giovane.  

Bola em jogo!

O Timão iniciou a partida no clima da final, marcando o adversário no campo de defesa. Antes mesmo do primeiro minuto, Renato Augusto recuperou a bola e conseguiu a primeira finalização do jogo. De fora da área, chutou forte, mas o goleiro adversário fez a defesa.

No entanto, a equipe mandante conseguiu achar o gol aos nove minutos após troca de passes dentro da área. 1 a 0 Flamengo.

O Corinthians buscou manter a cabeça no lugar na tentativa do gol de empate e voltou a finalizar aos 12 minutos, mais uma vez de fora da área, com Du Queiroz, mas o goleiro mais uma vez ficou com a bola.

O Timão voltou a assustar a defesa do adversário aos 25 minutos. O meia Fausto Vera carregou a bola e mandou um chute muito forte da entrada da área, que mesmo com desvio, passou perto do travessão.

Aos 44 minutos, Róger Guedes cruzou na grande área em cobrança de falta e por muito pouco Gil não conseguiu finalizar. Dois minutos depois, o camisa 10 também tentou finalizar de dentro da área, mas um desvio no defensor do Flamengo tirou o rumo do gol e mandou pela linha de fundo.

Segundo tempo

O Coringão iniciou a segunda etapa com a primeira alteração no jogo. Deixou a partida Lucas Piton e entrou Adson em seu lugar.

Da mesma forma como no primeiro tempo, logo no início Renato Augusto buscou a finalização de fora da área, mas, desta vez, saiu sem muita força e ficou fácil para o goleiro.

O Corinthians foi crescendo na partida e tomou conta do campo de defesa do Flamengo, rondando da área adversária com passes e cruzamentos na busca do gol.

Aos 13 minutos, Róger Guedes teve a chance mais clara de empate até aquele momento. Adson mandou para dentro da área e o camisa 10 se esticou em busca de empurrar para a rede, mas chegou com muita força na bola e mandou por cima do travessão.

Aos 20 minutos, o Coringão mudou mais uma vez na partida, dessa vez no meio-campo. Saiu Du Queiroz para a entrada de Giuliano.

O Timão continuou na pressão e a chance, aos 26 minutos, foi pelo alto. Em cruzamento na área, Balbuena subiu bem de cabeça, mandou em direção ao gol, mas o goleiro conseguiu fazer a defesa.

Vítor Pereira mexeu em dose dupla aos 33 minutos. Entraram Maycon e Mateus Vital nos lugares de Róger Guedes e Fausto Vera.

O Timão lutou, lutou, e conseguiu o empate aos 36 minutos! Mateus Vital cruzou da esquerda, Fábio Santos desviou de calcanhar na área, Adson chegou batendo, a bola explodiu no defensor e sobrou limpa para Giuliano chutar na pequena área para fazer a festa da Fiel. 1 a 1 no Maracanã!

A última alteração no Corinthians foi por conta de lesão, aos 44 minutos. Adson, que entrou no início da segunda etapa, sentiu a coxa e deixou o gramado para dar lugar ao atacante Gustavo Silva.

Após cinco minutos de acréscimos, o árbitro assinalou o fim de jogo. A decisão foi para os pênaltis.

Pênaltis

Nas penalidades máximas, quem iniciou as cobranças foi Fábio Santos, que marcou! 1 a 0. Em seguida, Flamengo foi para cobrança e o gigante Cássio fez a defesa!

Giuliano, logo depois, marcou para o Timão também. Flamengo bateu também e marcou, mas o Corinthians se manteve à frente.

A vez foi de Renato Augusto, e mais um gol do Alvinegro! Na terceira chance do Flamengo, a equipe carioca também marcou.

O quarto pênalti do Corinthians foi de Fagner, mas mandou no travessão. Em seguida, Flamengo marcou e empatou a série, 3 a 3.

Yuri Alberto bateu e colocou o Coringão em vantagem mais uma vez, mas o Flamengo logo depois empatou e a disputa foi para as alternadas.

Maycon abriu a série e mandou na rede. Mas, Flamengo empatou mais uma vez. Mateus Vital desperdiçou a cobrança e Flamengo converteu. O Timão ficou com o vice da Copa do Brasil 2022.

Cássio foi eleito o luva de ouro na copa do Brasil e Giuliano o artilheiro da competição juntamente com German Cano do Fluminense

Dados da Partida

FLAMENGO 1 (6) x (5) 1 CORINTHIANS 
Competição: Copa do Brasil, jogo de volta da final 
Data e horário: 19 de outubro de 2022, às 21h45 (de Brasília) 
Local: Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro-RJ 
Público: 68.097 presentes (61.566 pagantes) 
Renda: R$ 11.177.332,00 
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (Fifa/GO) 
Assistentes: Bruno Raphael Pires (Fifa/GO) e Bruno Boschilia (Fifa/PR) 
VAR: Pablo Ramon Goncalves Pinheiro (VAR-Fifa/RN) 
Cartões Amarelos: Thiago Maia, Léo Pereira (Flamengo); Fausto Vera, Lucas Piton (Corinthians).
Gols: Pedro aos seis minutos do primeiro tempo. Giuliano aos 36 minutos do segundo tempo. 
FLAMENGO: Santos, Rodinei, David Luiz, Léo Pereira e Filipe Luís; Thiago Maia (Fabrício Bruno), Vidal (Matheuzinho), Éverton Ribeiro e Arrascaeta (Victor Hugo); Pedro (Cebolinha) e Gabigol. Técnico: Dorival Jr. 
CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Balbuena, Gil, Fábio Santos e Lucas Piton (Adson, depois Gustavo Mosquito); Du Queiroz (Giuliano), Fausto Vera (Maycon) e Renato Augusto; Róger Guedes (Mateus Vital) e Yuri Alberto. Técnico: Vítor Pereira.





Próximo jogo

O Corinthians volta a entrar em campo no próximo sábado (22), pela 33ª rodada do Brasileirão, no clássico contra o Santos, no estádio da Vila Belmiro, às 19h (horário de Brasília).

Compartilhar: