Corinthians joga mal e é eliminado pelo Ituano

Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians
Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians

Corinthians não é eliminado tão prematuramente desde 2014 quando ficou na fase de grupos

Corinthians foi eliminado pela equipe do Ituano  nos pênaltis  no dia de hoje a equipe do Parque São Jorge não atuou  bem  acabou sofrendo gol  em um lance individual de longe onde Rai acertou um chute no ângulo e Cássio não conseguiu pegar. Mas  já perto do fim do primeiro tempo  em uma jogada de Fágner, Adson  que cruza para Paulinho  completar de cabeça e empatar a partida.

Com o empate  e no campeonato paulista essa fase é decidida em jogo único então o jogo foi para as penalidades  onde  Fábio Santos,  Fágner e Gil acabaram não convertendo e com isso Corinthians perdeu por 7 a 6.

Após a eliminação o treinador Fernando Lázaro assumiu que individualmente a partida não foi boa coletivamente e que sentiu muito a ausência do meia Renato Augusto que esta fora devido um estiramento.

Em seguida na zona mista o presidente do Corinthians Duilio Monteiro Alves reiterou que Lázaro será mantido e pediu para ir com calma com os reforços.

Essa foi a eliminação m,ais prematura do Corinthians desde 2014 quando foi eliminado na fase de grupos   e o próprio Ituano que estava na chave do Corinthians acabou sendo campeão Paulista naquela edição.

Dados da Partida

Corinthians 1 (6) x 1 (7) Ituano 

Local: Neo Química Arena, em São Paulo (SP) 

Data/Horário: 12/3/2023, às 16h (de Brasília) 

Árbitro: Raphael Claus (Fifa-SP) 

Auxiliares: Danilo Manis e Rafael Tadeu Alves de Souza 

Cartões amarelos: Claudinho (ITU) 

Gols: Raí Ramos, aos 25/1ºT; Paulinho, aos 34) 1ºT

Corinthians: Cássio, Fágner, Bruno Méndez, Gil e Fábio Santos; Roni (Fausto Vera), Paulinho (Maycon), Giuliano e Adson (Pedrinho); Róger Guedes e Yuri Alberto. Técnico: Fernando Lázaro. 

Ituano: Jefferson Paulino, Raí Ramos, Claudinho, Bernardo e Iury (Mário Sérgio); André Luiz (Rafael Pereira), Marcelo Freitas (Lucas Siqueira) e Eduardo Person; Gabriel Barros, Paulo Victor (José Aldo) e Quirino (Felipe Saraiva). Técnico: Gilmar Dal Pozzo

Compartilhar: