Corintiano Blog

blog do Torcedor fiel

Alessandro Nunes fala sobre futuro de Lucas Veríssimo e rumores de Gabigol


Alessandro Nunes, gerente de futebol do Corinthians Foto: Arthur Sandes


Alessandro Nunes, ex-lateral do Corinthians e atual gerente de futebol do clube, representou o Timo no sorteio dos grupos do Paulisto de 2024, que colocou o time numa chave com Red Bull Bragantino, Mirassol e Inter de Limeira.

Na reta final de seu trabalho no clube, Nunes foi questionado sobre o futuro de Lucas Verssimo, que tem se destacado com a camisa do Timo. O jogador est cedido pelo Benfica at 30 de junho do prximo ano.

"O que o Lucas apresenta o que a gente j esperava. Ele tem uma conduta profissional absurda, um jogador que ficou fora da ltima Copa do Mundo infelizmente por uma leso. Teve esse problema, mas j superou, hoje est 100% e vem mostrando a sua importncia. Lucas no tem um valor fixado, ento teremos que negociar com o Benfica. Provavelmente o prximo presidente vai negociar", disse Nunes.

O Corinthians tem a preferncia para ficar com o jogador em definitivo, a partir de julho de 2024, mas ter de negociar o valor de aquisio com o Benfica. Caso compre o atleta, o Timo poder abater o valor de 1 milho de euros (aproximadamente R$ 5,3 milhes) pagos pelo emprstimo.

Alessandro tambm foi questionado sobre os rumores de que o Corinthians poderia entrar na briga para contratar Gabigol, que tem renovao travada no Flamengo. A resposta, porm, foi vaga.

"Estou surpreso. No vi (as notcias). Voc tem que falar uma anlise que um grande atleta, um atleta espetacular, extraordinrio, quem no gostaria de contar com o Gabigol? Mas como contar com o Gabigol, j no compete a mim analisar", afirmou.

Nem mesmo sobre Hugo, lateral-esquerdo do Gois que tem negociao encaminhada com o Timo, o dirigente se permitiu falar. Segundo Nunes, o foco ainda na situao da equipe no Campeonato Brasileiro. Com 44 pontos, o Timo est prximo se livrar do risco de rebaixamento.

"O que alinhamos com o Mano, que ser com certeza o tcnico em 2024, que neste momento ainda buscaremos somar os pontos no Brasileiro, ainda no estamos livres da zona negativa, teremos um jogo difcil na sexta com o Bahia, ento respiramos essa partida com serenidade para, num momento oportuno, dar suporte ao Mano projetando a temporada seguinte", disse o dirigente.


Outras →